Make your own free website on Tripod.com
BTT
Cabo VAI DE BOCA Espichel

Home

Night Street Fight Urban Trip
Urban Night Trip Pro
Classica Alvalade - Porto Covo
Maratona Portalegre 107 Km´s
Rota dos Duros
AntiBiotico Trainning
Serra de Montejunto
Passeio "PAPA KM´S"
Projecto MultiRodas
A Irmandade do Bolicao
Cabo VAI DE BOCA Espichel
Por Trilhos da Beira Baixa
Arruda dos Vinhos
Trilhos de Monsanto
Apostiça - Lagoa Albufeira - Apostiça
Cabo Espichel - Cabo Espichel
Km´s Percorridos 2004

3amigosbtt.jpg

Cabo Espichel e Arredores

 

33 Km´s em nível 2

 

Prémios

Rui SuperMan

Prémio

Luís Auto Hoje

Prémio INSTRUTOR

Pedro Pirata

Prémio TV

Jorge Bolachas

Prémio VAI DE BOCA 2

Luis Betoneiras

Prémio GUITA

luisjump3.jpg

Foi no dia 21 de Dezembro de 2003, a data escolhida para a disputa da Taça QUEM VAI MAIS DE BOCA em BTT.

O local escolhido para este evento, estava marcado à muito. Não era mais nem menos o melhor piso (muita areia) para testar os novos Pedais Automáticos adquiridos na Loja dos 300, pelos BTTistas Luis Betoneiras e Jorge Bolachas.

O nervosismo era enorme.

A emprega da loja dos 300, por sinal era bem grossa. O que nos mais atraiu na Louraça, foi o seu pelinho na perna e o bigodaço à transmontana.

O que não gostamos foi quando ela nos garantiu pelo menos três VAI DE BOCA (quedas) iriam acontecer.

caboe1.jpg

Betoneiras preparou-se bem. Todo o que era pensos higiénicos no hiper mercado Continente esgotou. Até na testa o rapaz deu-lhe com o Penso. Bolachas por sua vez, aproveitou a promoção na Picolin e comprou uma dúzia de Almofadas, com as quais forrou o seu corpo. Quem se riu da situação foram os outros Muita Malucos Bttistas do grupo.

Para variar chegamos à hora marcada ao Mosteiro lá da Zona.

A ansiedade era mais que muita. O VAI DE BOCA estava presente a todo o momento na mente dos BTTistas dos pés agarrados.

Lá partimos para a ventura. Os primeiros km´s como foram feitos em estrada até encontrar o trilho perfeito, o povo estava calmo. Quando Jorge Bolachas avistou a entrada para o primeiro trilho, o cuzinho ficou todo apertadinho, por sua vez, Batoneiras suava rios de suor.

caboe2.jpg

Tem que ser, gritaram os dois e lá avançaram para o PRIMEIRO VAI DE BOCA. Bolachas foi o primeiro. Numa curva de 360º em declive lateralmente inclinado, a Bike radical de Bolachas inclinou para o sitio errado e lá foi o Baril para o meio das silvas. O resto do Team já estava a mais de 10 km´s de distância, quando Bolachas conseguiu, por fim meter-se de pé.

Quando Jorge Bolachas chegou ao pé do Team, Luis Batoneiras ao parar a sua Bike Super Cara e Boa Como Ó Milho, para ser rir da tristeza de Bolachas, pumba, VAI DE BOCA também. Aquilo dos pé agarrados à maquina, transformou o passeio mais num circo que uma actividade radical. As quedas sucediam-se e o mijo pelas pernas abaixo era inevitável de tanto rir.

Passados duas horas de passeio, os VAI DE BOCA já eram raros. Os rapazes, já com alguma confiança, passaram para outro tipo de adrenalina no passeio. OS SALTOS.

cabobike.jpg

Depois de ver alguns vídeos na NET, Luis Auto Hoje e Rui SuperMan sempre desejaram fazer o chamado SALTO DE CU PARA A PICHA em BTT.

Andamos a apalpar o terreno durante horas. O grelo estava escasso, mas em termos de salto lá conseguimos o tão desejado JUMP.

O primeiro a experimentar foi o AUtoHoje. Com a sua BIke preparada especialmente para este tipo de Desporto (suspensões de camião, volante de autocarro e pneus de triciclo) lá partiu para o primeiro salto.

Resultado do primeiro salto. 2,1 centímetros de altura, seu record pessoal. As gajas apareceram semi-nuas com a Coroa de Rosas para COLOURAR o Colorado (Nome de infância de Luis Auto Hoje). Seu irmão, Rui SuperMan, foi pena não ter aparecido com a sua capa, pois faria melhor que o seu 1,5 centímetros de JUMP.

Depois de termos partido as Bikes, só Pedro Pirata não se importou, pois a sua Bike Amarela Escarreta já foi vendida. Sim, o menino vai ter um nova Bike dentro de breve momentos (BH Serra Nevada, linda de morrer e boa como ó milho), partimos rumo ao principio, ou seja ao fim do passeio.

Para finalizar queria dar os parabéns ao nosso RuiSuperMan, pela forma física que se apresentou. Muito melhor que na primeira vez e bem melhor que na segunda.

Fica aqui uma palmadinha nas costas a Luis Batoneiras e Jorge Bolachas pela forma como enfrentaram o Boi pelos cornos.

Um flash para Pedro Pirata que teve a coragem de mudar de Bike 3 meses depois de comprar a sua primeira.

A Luis Auto Hoje a medalha de instrutor de saltos de Cú para a picha.

cabo9.jpg

Foram mais 33 km´s de puro companheirismo e amizade. No fundo é o que representa o BTT.

 

Nos andamos devagar devagarinho, mas em termos de Rizota e Camaradagem ninguém nos bate.