Make your own free website on Tripod.com

Etapa

Home
A Historia
Etapa
Participantes
Programa
Marketing
Track GPS
Local de Encontro
Apoio nos Trilhos
Rescaldo/Cronica
Estatisticas
Fotos
Contactos
Caminhos de Avis 2007

Peregrinação em Bike
Caminhos de Avis 2007
30 Junho
7H30 – Parque da Paz

A peregrinação à Aldeia Velha está de volta.
Desta vez vamos efectuar a peregrinação pela vertente sul.
Zona de Impacto:
Almada, Coina, Pinhal Novo, Pegões, Canha Sul, Santana do Mato, Couço, Barragem Montargil, Foros do Mocho, N.Srª Arrabaça, Aldeia Velha

São aproximadamente 155 kms, com um acumulado de 1724 metros.
Nível 4,5
Cota mais alta: 183 metros
Cota mais baixa: 8 metros

Para quem não quiser efectuar todo o Caminho existem 4 locais onde te podes juntar ao Povo

Pegões ao km 56 – ficam a faltar 99 kms
Santana do Mato ao km 99 – ficam a faltar 56 kms
Couço ao km 116 – ficam a faltar 39 kms
Barragem Montargil ao km 134 – ficam a faltar 21 kms

Os Caminhos de Avis são efectuados em total autonomia e é da responsabilidade de cada participante levar o que achar necessário para efectuar a Travessia.

Como o local do fim dos Caminhos, não é o mesmo do inicio , cada participante tem que providencia o seu regresso.
O fim da Etapa é em Aldeia Velha, a 130 kms de Lisboa (1H30 de carro)

Partida será no Parque da Paz, em Almada, às 7H30m.

Em relação aos banhos no final da etapa, vou pedir ao Grupo Desportivo de Aldeia Velha que facilitem os balneários do Clube. Fica desde já prometida agua fria, mas até vai saber muito bem (estamos no verão).

Em relação ao Almoço, tínhamos só duas alternativas.
Pegões ao km 56, ou Santana do Mato ao km 99.
Vamos optar pela segunda opção, porque à primeira acabamos por chegar muito cedo.
Em Santana do Mato existe desde pratos do dia, a febras ou outras cenas. É muito barato e bem servido.

Os trilhos são muito diversos.
Começando em Almada, vamos seguir até Coina por estradas secundárias. Só a partir dai é que entramos em trilhos. Na primeira parte serão trilhos e estradões, no meio de algumas pequenas povoações. Seguimos por um fabulástico trilhos junto à linha do comboio para depois passarmos para os espectaculares trilhos na zona de Canha. Seguimos até Santana do Mato, por trilhos no meio de sobreiros, já com ares tipicamente do Norte Alentejo. De Santana do Mato ao Couço é um trilho muito acessível com várias passagens por agua (cheira-me a banhos). Do Couço à Barragem de Montargil temos um novo trilho ainda inexplorado. Deve a parte mais técnica da etapa. É um sobe e desce constante com uma paisagem muito agradável.
Com a chegada à Barragem de Montargil, o banho é uma certeza, assim como a bela da Mini. Penso mesmo que já bebemos umas valentes minis até chegar a este waypoint.

Da Barragem até aos Foros do Mocho é um saltinho. Passa no meio de montes alentejanos e alguns açudes.
Nos Foros do Mocho mais uma vez podemos beber uma mini, mergulhados no meio da agua.
Nesta altura já sentimos o cheiro da Aldeia Velha.
Andamos agora em trilhos mais fechados e mais técnicos. O sobe e desce é marcante e a paisagem é do melhor.
Falta só uma pequena subida da N.Srª da Arrabaça para a Aldeia Velha e a conquista está conseguida.

Se alguém responder ao chamamento, pode-se arranjar um petisco para o final

Para quem quiser bater o seu record de quilómetros num só dia, é a Trip ideal.

Os trilhos são bem acessíveis (pouco técnicos), trilhos fabulásticos e praticamente sem desnível.

Vamos lá matar a arrastadeira ….